sexta-feira, junho 15, 2007

Utopia Entupida



Sou encanador de mim,
ao que muitos têm me dito:
- Desencana!
Mal sabem que a dor
armazenada não poreja, petrifica e engana.


Enganadores são fogo.
- Bombeiros!
Se idealizo me queimo
Se meu treino de vida tivesse juízo,
não contrataria o serviço alheio
a encontrar meus parafusos em paraísos perdidos.

Um comentário:

sANdrA fasolo disse...

Adoro passar aqui, o que escreves soa sempre forte/denso, lembra os poetas "malditos".

sANdrA