terça-feira, julho 04, 2006

A Despedida

A Despedida


Recebi uma carta inacabada em duas folhas frente e verso, sem envelope. A assinatura do remetente veio a mim feito um autógrafo de escritor pouco requisitado no momento da entrega do livro. Ele se escusava do parco tempo e da falta de capricho, enquanto eu agradecia a dedicação-dedicatória. Ali. No meio de não sei onde. Disse-lhe que a mais perfeita obra com o mais bem modelado desfecho, idem não estava ainda concluída. Adeuses dados na ...pressa. Um quê de eternidade permanecia im...

Nenhum comentário: