domingo, agosto 29, 2010

Provavelmente sou eu...


Se a noite se tornou fria e as estrelas olharam para baixo
E você se abraça no frio, chão frio
Você acorda de manhã num casaco estranho
Ninguém veria você
Você se pergunta, quem olhará por mim?
Meu único amigo, quem poderia ser?
É difícil dizer isso
Eu odeio dizer isso, mas provavelmente sou eu


Quando sua barriga está vazia e a fome é tão real
E você é muito orgulhoso para mendigar e muito estúpido pra roubar
Você procura na cidade pelo seu único amigo
Ninguém ia ver você
Você se pergunta, quem poderia ser
Uma voz solitária a falar e te libertar
Eu odeio dizer isso
Eu odeio dizer isso, mas provavelmente sou eu.


Você não é a pessoa mas fácil que eu já conheci
E é difícil para nós dois mostrarmos os nossos sentimentos
Alguém diria que eu deveria deixar você seguir o seu caminho
Você me fará chorar
Se há um rapaz, só um rapaz
Que abandonasse a vida por você e morresse
Eu odeio dizer isso
Eu odeio dizer isso, mas provavelmente sou eu.


Quando o mundo fica louco e não faz sentido
Há somente uma voz que vem em sua defesa
O júri está fora e seus olhos procuram por um quarto
E um rosto amigo é tudo que você precisa ver
Se há um rapaz, só um rapaz
Que abandonasse a vida por você e morresse
Eu odeio dizer isso
Eu odeio dizer isso, mas provavelmente sou eu...


Composição: Sting

Tradução: Paola Benevides

Nenhum comentário: